Bem-estar no trabalho: O que fazer se não gosto do meu trabalho nem posso largar meu emprego?

Bem-estar no trabalho: O que fazer se não gosto do meu trabalho nem posso largar meu emprego?

A insatisfação com o ambiente de trabalho é mais comum do que você pensa!

Pensando nisso, selecionamos aqui algumas dicas para você que não gosta do seu emprego mas quer manter o bem-estar no trabalho.

Primeiro entenda que você não está só

Pesquisa realizada em três capitais (São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre) pela Isma Brasil, uma associação sem fins lucrativos voltada à pesquisa e ao desenvolvimento da prevenção e do tratamento de estresse no mundo, mostrou que 72% das pessoas estão insatisfeitas com o trabalho.

Pensando bem, quem nunca esteve nesta situação? Ou será que existe alguém que sempre teve o emprego dos sonhos? Manter o bem-estar no trabalho não é uma tarefa tão fácil, mas nós vamos dar dicas interessantes de como reverter essa situação.

As razões para a insatisfação no trabalho são várias:

  • má gestão por parte de supervisores e gerentes,
  • fazer o que não gosta,
  • não ver horizonte de crescimento na empresa ou na profissão,
  • alto nível de estresse,
  • falta de reconhecimento,
  • conflito de valores,
  • remuneração incompatível,
  • mesmice e até
  • falta de significado e propósito.

Por outro lado, você depende do salário e não pode simplesmente largar o emprego e se aventurar no mercado. Preparar-se para largar o emprego atual, e aumentar suas chances de recolocação no mercado, é assunto para outro post.

Hoje vamos refletir sobre o que você pode fazer para transformar seu limão numa limonada.

Uma atitude positiva

No meu trabalho como coach profissional nesses últimos 6 anos, com mais de 800 horas de atendimento trabalei-luz-fim-tunelindividual,  tive o privilégio de conhecer pessoas em diversos contextos pessoais e profissionais. Pessoas que querem avançar na carreira, mudar de emprego e até de profissão, gente que concluiu longos cursos e acabou reconhecendo que a sua formação nada tem a ver com o que querem fazer na vida.

Nesta experiência aprendi algumas dicas sobre o que fazer numa situação insatisfatória – de onde não se pode sair no momento atual. De que forma podemos tirar o melhor proveito de uma situação indesejada? Como podemos avançar profissionalmente estando num lugar onde não queremos ficar?

O Método ARA

Entendo que numa situação de insatisfação é muitas vezes difícil enxergar aspectos positivos e oportunidades de crescimento.

Mas é possível, usando o método ARA que tem 3 passos:

  • Aceitar,
  • Respirar,
  • Aprender.

Esta abordagem é baseada em ensinamentos milenares, nos conhecimentos da psicologia positiva e no estudo do comportamento humano. É fundamentada no conceito que, independente da situação difícil em que você esteja, há sempre espaço para ser criativo e encontrar oportunidades e melhorar o bem-estar no trabalho. E, acredite, dá certo. Vamos ver como.

1- Aceitar

Aceite a situação atual. Pare de lutar contra o momento presente. Pode existir incômodo, talvez ansiedade e stress também. E isso é super normal nestas circunstancias. É importante não ficar lutando contra o momento presente na sua vida. Esta energia de lutar contra, de ficar combatendo, é uma energia gasta em vão. Aceite a realidade: estar num emprego que não gosta e do qual não pode sair. Poderá sair daqui a algum tempo e precisa se preparar para isso. Quando você aceita isso, você entra em outro estado mental e emocional de mais tranquilidade – pois a energia que estava sendo desperdiçada agora está canalizada para o momento atual e é poderosa. Este estado estimula você a ser criativo e identificar as oportunidades que estão à sua mão.

Aceitar não quer dizer que você se acomodou e desistiu, que jogou a toalha. De forma alguma. Significa que você está mais livre para focar e agir.

2- Respirar

Respire conscientemente várias vezes por dia. Ou seja, ao respirar concentre sua atenção mental para a respiração em si. Foque no ar entrando e saindo pelas narinas…….oooops, estamos meditando! Pois é. Vemos empresas como Google, Nike e Apple investirem em programas de treinamento de mindfulness – um estado de atenção plena, que estimula o foco e a criatividade. Respirar é um dos principais métodos utilizados na prática de mindfulness. A Apple, primeira empresa a atingir um valor de mercado de 1 trilhão de dólares … pagando para ensinar a respirar. Legal.

3- Aprender

Que novas habilidades você pode aprender? Ter mais paciência com colegas? Melhor comunicação? Mais inteligência emocional? Planejamento? Vendas? Use seu tempo para se enriquecer como pessoa. Qual livro você vai ler? Que novos conhecimentos você pode adquirir? O que você pode aprender no seu ambiente de trabalho? Oportunidades são abundantes para você se ocupar focando sua energia no seu crescimento e consequentemente promovendo o bem-estar no trabalho. As habilidades que você pode aprender agora podem mudar sua vida. A hora é agora. O que você precisa fazer agora que não está fazendo ainda?

Gostou das nossas dicas? Quer saber mais?

Siga-nos em nossas redes sociais ou deixe suas dúvidas aqui nos comentários!

LINKEDIN

FACEBOOK

INSTAGRAM

Helio Pereira

Após quatro anos trabalhando no Vale do Silício como executivo na área de Business Intelligence nos EUA, foi um dos pioneiros no Brasil na automação de processos de negócio com tecnologia BPMS. Tem larga experiência como executivo, consultor e empresário na área de Tecnologia da Informação e é Diretor de uma academia de ginástica para o cérebro. Estudou Evocative Coaching no Center for School Transformation, na Virginia, EUA. Helio é Analista Comportamental DiSC certificado pelo Global Coaching Community, possui graduação em Filosofia pela Schreiner University, Mestrado em Administração de Empresas pela Universidade do Texas. É membro fundador do Capítulo Pernambuco da ICF International Coach Federation, a maior organização mundial de coaches profissionais. É scholar na Hatton W. Sumners Foundation, em Dallas, Texas, Estados Unidos.

Deixe uma resposta

Fechar Menu